Endocrinologia em Cães e Gatos

O Endocrinologista Veterinário é o responsável pelo tratamento de doenças no cão ou gato proveniente de alterações diretamente nas glândulas endócrinas ou resultado de deficiências e/ou excessos na produção hormonal.

As doenças mais comumente observadas são:

Diabetes , que ocorre pela deficiência ou resistência a ação da insulina e resulta em hiperglicemia em cães e gatos e suas complicações como a cetoacidose diabética. A Diabetes pode ter várias origens como neoplasias mamárias (câncer), excesso do uso de esteróides (corticóides), aplicação de progestágenos (anticoncepcional) ou mesmo racial. Gatos podem ainda apresentar excesso de GH (hormônio do crescimento) culminando em diabetes.

Obesidade está entre as doenças emergentes mais preocupantes, pois cresce o número de casos, e consequentemente diminui a expectativa de vida dos animais.

Doenças como hiperadrenocorticismo que leva ao excesso da produção de cortisol endógeno, normalmente por neoplasias na hipófise ou na própria adrenal, que acarretam sérios problemas no fígado, rins, pâncreas e cardiovasculares ,podendo inclusive causar diabetes.

Hipoadrenocorticismo, que seria a falta ou deficiência na produção do glicocorticoide cortisol e/ou do mineralocorticoide aldosterona, menos comum, mas com sintomas de fraqueza, bradicardia, vômito, diarreia com várias recorrências, e seu diagnóstico deve ser rápido pois pode causar coma e morte do animal,

A deficiência dos hormônios tireoidianos, o Hipotiroidismo, é bastante frequente nos cães e raro nos gatos e deve ser tratada com reposição hormonal como nos humanos,

Porém o Hipertireoidismo, que é o excesso da produção de hormônios tireoidianos, acomete mais gatos do que cães, e o tratamento deve começar o quanto antes, pois esta doença degenera a função renal e cardiovascular pelo aceleramento do metabolismo,

Hiperlipidemias, que pode ser decorrente do aumento de triglicérides ou colesterol ou ambos acomete algumas raças específicas como schnauzer, beagles, dobermanns ou ainda pode ser resultado de alguma alteração hormonal

hipoglicemias, que é a glicemia baixa ou seja valores de açúcar no sangue inferiores a 50 mg/ dl acontece em algumas raças toys, na presença de insulinomas ( que são neoplasias malignas no pâncreas produzindo insulina em excesso), alterações hepáticas ou mesmo hipoadrenocorticismo, entre outras causas, porém a hipoglicemia é grave e deve sempre ser investigada.

Atendemos somente
com encaminhamento do médico veterinário responsável.
  • Wix Facebook page

Alameda dos Guaramomis 444   Planalto Paulista  CEP 04076-010   São Paulo - SP

Tel: (11) 3796-3151 

Cel/Whatsapp: (11)96859-0597