Ultrassom em Cães e Gatos

A Ultrassonografia é uma ferramenta de diagnóstico não invasiva, utilizada para avaliação de alterações dos órgãos internos do paciente. Ondas de som emitidas pelo transdutor atravessam os órgãos e tecidos do paciente. As ondas refletidas de volta ao transdutor são convertidas pelo computador do aparelho de ultrassonografia, produzindo imagens em tempo real. Por meio de técnicas complementares, como o “Doppler”, pode-se avaliar o fluxo sanguíneo de artérias e veias, dentro de órgãos e de tecidos normais e alterados. Em adição, a ultrassonografia pode guiar a coleta de líquidos corporais (centeses), células (aspirados) e amostras de tecidos alterados (biopsias), para posterior analise citológica/histológica.

Na rotina de exames abdominais, inclui-se a exploração geral dos órgãos da cavidade (exceto gestações avançadas, devido ao grande volume do útero gravídico). Porém, para um melhor direcionamento do estudo, é conveniente que a requisição do exame venha acompanhada de dados importantes de anamnese, sintomas e suspeita clínica.

Radiografia e ultrassonografia são ferramentas complementares de diagnóstico de alterações abdominais. O exame radiográfico produz informações limitadas sobre a arquitetura interna dos órgãos abdominais. No entanto, também gera dados muito importantes sobre a cavidade abdominal como um todo, e com isso se torna fundamental que estas modalidades sejam utilizadas de forma complementar.

Vantagens do exame ultrassonográfico abdominal:
• É indolor (não necessita de sedação na grande maioria dos casos), não-invasivo e não-ionizante;
• Permite avaliar a arquitetura interna dos órgãos;
• Visualiza estruturas radioluscentes (como por exemplo urólitos de urato e cistina);
• Permite avaliação nos pacientes com efusão peritoneal;
• Oferece diagnóstico precoce da gestação (em torno de 20 a 22 dias, porém vale lembrar a possibilidade de reabsorção fetal na fase inicial);
• Possibilita a visualização de alterações morfológicas e/ou aumentos de volume em adrenais, pâncreas, ovários, linfonodos, entre outros (normalmente não visualizados no exame radiográfico);
• Por ser um exame em tempo real, permite observar a vitalidade fetal (batimentos cardíacos e movimentações fetais) e avaliar movimentos peristálticos, nos casos de suspeita de obstrução intestinal.

Principais indicações abdominais:
• Distensão abdominal (não-timpânica);
• Presença de massa abdominal ou aumento de órgão à palpação;
• Pesquisa de metástase em órgãos abdominais (o que pode ser acompanhado de citologia aspirativa e biópsia);
• Avaliação do abdome com efusão, podendo, inclusive, avaliar o grau de celularidade;
• Controle pós-traumatismo abdominal;
• Suspeita de processo obstrutivo em trato gastrointestinal, principalmente nos casos de intussuscepção e por corpos estranhos;
• Pesquisa de corpo estranho linear (o exame negativo, porém, não exclui sua presença);
• Pesquisa de linfonodomegalias;
• Hematúria, disúria, anúria ou piúria;
• Suspeita de nefropatia (alterações morfológicas);
• Avaliação prostática e testicular;
• Suspeita de aumento uterino;
• Secreção vaginal, cios frequentes, pesquisa de cistos ovarianos;
• Diagnóstico gestacional e avaliação fetal (para contagem dos fetos e/ou para avaliar a relação feto x pelve materna, o exame radiográfico é mais indicado, assim como nos casos de morte fetal não-recente ou feto enfisematoso).

Atendemos somente
com encaminhamento do médico veterinário responsável.
  • Wix Facebook page

Alameda dos Guaramomis 444   Planalto Paulista  CEP 04076-010   São Paulo - SP

Tel: (11) 3796-3151 

Cel/Whatsapp: (11)96859-0597